HairLoss Blocker – A Solução Definitiva para Queda de Cabelo

hairloss blocker

HairLoss Blocker é um produto revolucionário que chegou no mercado para mostrar que existe uma solução que funciona de verdade contra a queda de cabelos.

Muitos brasileiros diariamente olham no espelho e sofrem ao perceber que mais alguns fios foram perdidos e nada do que fazem parece funcionar.

Isto porque ainda não conhecem ou não experimentaram Hair Loss Blocker.

Quem passa por isso sabe como é frustrante a sensação de se imaginar sem os cabelos e ainda virar alvo de deboche dos amigos e receber aqueles velhos apelidos atribuídos aos carecas: pouca telha, aeroporto de mosquito, Bola de sinuca; cabeça de ovo.

Se você não deseja mais passar por isso, conheça agora a solução definitiva para a calvície: o poderoso HairLoss Blocker.

O que é HairLoss Blocker

 

HairLoss Blocker é o produto para tratamento de calvície que mais cresce no Brasil nos últimos anos.

Sua fórmula revolucionária trata a queda de cabelo de uma forma completamente diferente dos demais produtos do mercado.

Em sua composição, Hair Loss Blocker contém Alpha Tocoferol uma vitamina do complexo que tem uma ação antioxidante que recupera a saúde das células do organismo.

Além disso, HairLoss Blocker também contém ácido ascórbico, ácido pantotênico, biotina zinco, magnésio, ácido fólico e groselha negra.

Junto esses nutrientes suprem a necessidade do organismo e não só combatem a queda de cabelo, como também auxiliam no fortalecimento e crescimento de novos fios.

Como Hair Loss Blocker Funciona?

As vitaminas presentes na fórmula exclusiva de HairLoss Blocker atuam em todo o organismo do corpo e seus resultados já podem ser vistos nos primeiros meses de uso.

Veja como HairLoss Blocker funciona no seu organismo nessas quatro fazes de recuperação dos seus cabelos.

  • Fortalecimento do bulbo capilar: HairLoss Blocker atua diretamente no fortalecimento do bulbo capilar logo nas primeiras aplicações.
  • Raiz passa a crescer mais forte: Com a raiz mais forte seus cabelos param de cair, eliminando o desenvolvimento da calvície.
  • Vitaminas B1, B2 e B3: Suprindo a deficiência dessas vitaminas, Hair Loss Blocker deixa seu corpo mais saudável de forma geral e principalmente dos cabelos.
  • Fórmula exclusiva que combina vitaminas e minerais: Esta fórmula exclusiva irá fortalecer os cabelos e permitir o crescimento dos fios que já haviam caído.

Vale a pena adquiriar HairLoss Blocker

Se você não quer mais perder cabelos e não suporta imaginar ficar totalmente careca no futuro, aqui está a solução.

Com certeza vale a pena investir em você e adquirir a sua unidade do produto HairLoss Blocker.

Com apenas dois meses de aplicação deste produto você irá perceber as mudanças.

Primeiro por fortalecer e barrar a queda de cabelos e em seguida trazer de volta os fios onde já não existiam mais.

HairLoss blocker funciona como um suplemento para a sua alimentação diária, porque não só cuida da queda, mas oferece os nutrientes e vitaminas que foram perdidos ao longo dos anos.

HairLossBlocker Funciona para todos?

Não. Como todo medicamento ele possui algumas contraindicações e não deve ser usado indiscriminadamente.

Gestantes, lactantes e menores de 16 anos não devem usar o produto.

Entretanto, se você não faz parte do grupo de pessoas mencionado acima, HairLoss Blocker não tem nenhuma contraindicação e nenhum efeito colateral, já que é composto de vitaminas e minerais que nosso corpo necessita para o funcionamento diário.

Não perca mais tempo!

Pare de sofrer com a queda de cabelos e adquira agora mesmo um Kit de HairLoss Blocker e faça como o craque Túlio Maravilha que já está tendo resultados com a aplicação do produto.

 

Quais os alimentos que contém a vitamina K2?

Você sabe onde encontrar a vitamina K2? Alguns alimentos são fontes dessa vitamina tão importante para o organismo. Você sabe quais são?

Quais os alimentos que contém a vitamina K2?

A vitamina K2 ficou por muito tempo “esquecida”. Normalmente era somente a vitamina K1 que recebia atenção, ainda mais pelo seu papel na coagulação sanguínea.

 

A falta de informação a respeito da vitamina K2 e a falta de diferenciação com a vitaminas K1, fizeram com que não se falasse tanto dela.

 

Porém, novas descobertas fizeram isso mudar. Agora já se sabe sua importância para o correto uso do cálcio no organismo. Mas se ela é assim tão benéfica ao organismo, onde podemos encontrá-la?

 

A vitamina K1(fitomenadiona) é encontrada em vegetais de folhas verdes escuras, sendo bastante fácil de obter níveis suficientes através da dieta, tanto que sua deficiência é rara.

 

Diferentemente da vitamina K1, a deficiência da vitamina K2, também chamada de menaquinona, é comum. Segundo avaliações feitas nos Estados Unidos, estima-se que 80% da população tenha deficiência dessa vitamina.

 

Isso se deve ao fato da dieta moderna não incluir alimentos ricos em K2 em quantidade adequada.

 

Além de ser encontrada em alguns alimentos, a vitamina K2 pode ser sintetizada pelas bactérias intestinais. Por esse motivo, o equilíbrio das bactérias intestinais é muito importante.

 

Para evitar a deficiência de vitamina K2, controle os fatores que afetam negativamente a saúde intestinal, tais como a má alimentação, uso prolongado de antibióticos e doenças intestinais.

Por mais que a vitamina K2 seja sintetizada no intestino, sua produção diminui com o passar dos anos. Isso, juntamente com o fato de que a alimentação moderna, rica em alimentos industrializados, prejudica a saúde intestinal, contribui para a deficiência de K2 na população.

 

Fontes de Vitamina K2

 

Agora que você já sabe da importância da vitamina K2 e que a sua deficiência é comum, você precisa saber quais as fontes alimentares para obtê-la.

 

A vitamina K2 possui diversas subcategorias denominadas MK-n, onde “n” é o número referente a ramificação da molécula, sendo as principais a MK4 e MK7.

 

A vitamina K2 MK4 (metaquinona 4) é uma molécula de cadeia curta. Pequenas quantidades podem ser encontradas na manteiga, gema do ovo e em carnes em geral.

 

A forma MK7 (metaquinona 7) é uma molécula de cadeia mais longa. Ela é encontrada em boas quantidades em leguminosas como no feijão, ervilha, lentilha, grão de bico. Também em fígado de animais, óleo de peixe, leite e em alguns alimentos fermentados como iogurte e queijos, especialmente nas variedades brie e gouda.

 

Uma das mais ricas fontes de vitamina K MK-7, porém, é a soja fermentada, conhecida como Natto. Esse alimento tradicional no Japão é produzido através da fermentação da soja cozida com Bacillus natto.

 

O consumo do Natto está associado com efeitos benéficos na saúde óssea, bem como na prevenção de diabetes e câncer. Isso porque, além da vitamina K2, esse alimento é rico em proteínas, ferro e vitaminas do complexo B, como a Riboflavina (vitamina B2) e Cobalamina (vitamina B12).

 

Fontes alimentares de vitamina K2:

  • Couve
  • Espinafre
  • Brócolis
  • Repolho
  • Aspargos
  • Carnes
  • Peixes
  • Leite e derivados

Suplementação de Vitamina K2

 

Além dos alimentos, outra fonte exógena de vitamina K2 é a suplementação. Esta, é uma terapia comum para a prevenção de osteoporose e fraturas ósseas.

 

Quando consumida na forma de suplemento alimentar, a forma MK7 é a que tem maior biodisponibilidade, uma vez que é melhor absorvida e permanece no organismo por mais tempo, tendo seu efeito prolongado.

 

A suplementação de K2 MK7 já pode ser facilmente encontrada em sites de produtos naturais(1), suplementos e visa combater a carência nutricional de Vitamina K2. Prevenindo assim, a manifestação de desordens metabólicas decorrentes da insuficiência de vitamina K2.

 

A Vitamina K2 tem ação importante no organismo, principalmente na manutenção óssea e na saúde vascular. Sendo que a orientação geral, é o consumo de cerca de 180 a 200 mcg de Vitamina K2 por dia.

 

No caso de suplementação, o ideal é ingerir a cápsula do Suplemento de Vitamina K2 MK-7 antes das principais refeições. Pois, como ele é lipossolúvel, precisa de ser ingerido perto das refeições para melhor absorvido.

Gostou do artigo? Deixe abaixo seu comentário, dúvida ou sugestão!

 

Como as outras pessoas podem ajudar você a curar a ansiedade?

curar a ansiedade

Esta página é para amigos e familiares que desejam apoiar alguém que tenha ansiedade ou ataques de pânico.

Pode ser muito difícil quando alguém que você gosta está passando por problemas de ansiedade ou ataques de pânico, mas há coisas que você pode fazer para ajudar.

Não os pressione

Tente não pressionar o seu amigo ou membro da família para fazer mais do que eles se sentem confortáveis. É muito importante ser paciente, ouvir seus desejos e levar as coisas em um ritmo que pareça bom para elas.

É compreensível querer ajudá-los a enfrentar seus medos ou encontrar soluções práticas, mas pode ser muito angustiante para alguém sentir que está sendo forçado a situações antes de se sentir pronto. Isso pode até piorar a ansiedade. Tente lembrar que ser incapaz de controlar suas preocupações é parte de ter ansiedade, e eles não estão escolhendo como se sentem.

Tente entender

Descubra o máximo que puder sobre ansiedade.  Isso ajudará você a entender o que eles estão passando. Ler  experiências pessoais  também pode ajudar.

Pergunte sobre sua experiência . Você poderia perguntar-lhes como a ansiedade afeta sua vida cotidiana e o que a torna melhor ou pior. Ouvir sua experiência pode ajudá-lo a ter empatia com o que eles sentem.

Pergunte como você pode ajudar

Seu amigo e parente podem já saber como você pode apoiá-los – por exemplo, pode ajudar a tirá-los da situação, conversar com eles com calma ou fazer exercícios de respiração com eles.

Ao perguntar-lhes o que eles precisam ou como você pode ajudar, você pode apoiá-los a se sentirem mais controlados. Saber que há alguém por perto que sabe o que fazer se começar a sentir medo ou pânico pode ajudá-los a se sentirem mais seguros e mais calmos.

Ajude-os a procurar ajuda

Se você acha que a ansiedade de seu amigo ou membro da família está se tornando um problema para eles, você pode incentivá-los a procurar tratamento adequado conversando com um clínico geral ou terapeuta. Você poderia:

Ofereça-se para ajudá-los a marcar uma consulta médica . Se eles estão com medo de sair de casa, você pode sugerir que eles liguem para o médico para saber se eles farão visitas domiciliares.

Ofereça suporte quando eles comparecerem aos compromissos.  Você poderia oferecer para ir com eles para seus compromissos e esperar na sala de espera. Você também pode ajudá-los a planejar o que gostariam de conversar com o médico. (Veja as páginas em busca de ajuda para um problema de saúde mental mais informações .)

Ajude-os a procurar ajuda de um terapeuta . (Veja nossa página sobre como encontrar um terapeuta para mais informações).

Ajude-os a pesquisar diferentes opções de suporte , como serviços comunitários ou grupos de apoio de colegas, como os administrados pela  Anxiety UK  e  No Panic . (Consulte nossa   página de contatos úteis para mais informações.) Você também pode ligar para  a Infoline da Mind  para saber mais sobre os serviços locais.

Cuide de si mesmo

Às vezes pode ser realmente desafiador apoiar alguém com um problema de saúde mental – você não está sozinho se se sentir sobrecarregado às vezes. É importante lembrar-se de cuidar também da sua própria saúde mental, para que você tenha a energia, o tempo e a distância de que precisa para poder ajudar.

Por exemplo:

Definir limites e não demore muito . Se você se sentir mal, não poderá oferecer tanto apoio. Também é importante decidir quais são os seus limites e o quanto você se sente capaz de ajudar.

Compartilhe seu papel de carinho com outras pessoas, se puder.  Muitas vezes é mais fácil apoiar alguém se você não estiver sozinho.

Converse com outras pessoas sobre como você está se sentindo.  Você pode querer ter cuidado com a quantidade de informações que você compartilha sobre a pessoa que está apoiando, mas falar sobre seus sentimentos com alguém da sua confiança também pode ajudá-lo a se sentir apoiado. Um dos efeitos da ansiedade é a ejaculação precoce, se você está sentindo isso, provavelmente você tem ansiedade. Para tratar a ejaculação precoce o melhor a se fazer é tomar Remédio para ejaculação precoce

Encontre suporte para você mesmo.  As organizações em  contatos úteis  estão lá para apoiá-lo também. Também poderia ajudar a explorar o apoio dos pares e os tratamentos de fala .

 

Colágeno: o emagrecimento, que torna a pele elástica e protege os ossos

Colágeno

O sucesso de colágeno hidrolisado não é de hoje. De três anos pra cá ele vem conquistando o público feminino com a promessa de fortalecer a pele. Desde então, a procura começou a ser enorme e ele pode ser encontrado em cápsulas, sachês, e a bala de manipular.

E as mulheres, claro, são os maiores consumidores do produto. Mas funciona mesmo? Com base em estudos sobre o assunto, afirma que, sim, o colágeno ajuda a combater o excesso de quilos extras, e claro, para retardar o envelhecimento precoce.

Uma das principais funções do colágeno colastrina é formar fibras que dão sustentação a pele.. Ou seja, ele garante que o corpo funcione bem para dentro e mantenha-se bonita por fora.

No entanto, estudos mostram que, a partir de 30 anos, mesmo com uma alimentação equilibrada, há uma perda anual de cerca de 1%. 50 anos em diante, a queda será muito mais acentuada. A produção de colágeno cai para apenas 35%, em média. “O que as mulheres mais sentem, diminuição da elasticidade e a hidratação da pele”, alerta a nutricionista Tatiana Pimentel, Santos (SP). A partir daqui, e aparecem as rugas, celulite e flacidez é um pulo. Por isso muitos nutricionistas recomendam o uso de colágeno hidrolisado a partir de 30 anos.

Colagénio na dose certa

O colágeno hoje que está presente em suplementos devem ser hidrolisado – ou seja, passar por um processo de hidrólise (quebra pela água das moléculas de proteína) que pode ser facilmente absorvido pelo organismo.

Mas, para obter o efeito esperado, precisa acertar na dose. Pesquisadores observaram que o consumo de 5 gramas de colágeno ao dia, durante seis meses, ele foi capaz de melhorar o estado da pele de pacientes entre 35 e 60 anos. Houve um aumento de 5,5% na firmeza e 10% na elasticidade.

Uns perda de peso

Quem está na faixa dos 20 pode ficar tranquilo: ainda não é hora de juntar-se para mais uma dose de proteína. A dieta, eu em alimentos que estimulam o organismo a produzir colágeno é suficiente.

Agora, se você vive estressado, fuma, abusou do sol e doces, ele começa a falhar mais cedo. Resultado: “a elasticidade da pele está sob ameaça, o surgimento de flacidez e até mesmo estrias”, diz a dermatologista; Durazzo, da Clínica Cliniderm, em São Paulo. E, sozinha, a dieta pode não dar. Aditivos podem ser especificados até 30 anos para ajudar na perda de peso, porque suaviza e adia a fome.

A dieta com colágeno

O suplemento não diminui a importância de uma dieta rica em alimentos que estimulam a produção de colágeno no corpo. Esta lista inclui carnes magras, frango, peixe e ovo (de forma particularmente clara). Invista também em legumes, verduras, frutas e nozes. “Eles têm nutrientes (vitaminas A, C e e, selênio e zinco), que garantem a absorção de colágeno”, alerta o nutrólogo Mohamad barakat, de São Paulo.

E a gelatina de caixinha? Não é usado colágeno hidrolisado na composição. Mas não deixa de ser uma boa opção de sobremesa leve. Só tome cuidado para escolher o tipo, sem corantes artificiais, porque trata-se de substâncias que prejudicam a pele.

Bom para quem malha

Se você malha, ainda há uma boa razão para aceitar o além: ele é um aliado das articulações. Em 2006, durante a reunião do Colégio Americano de Medicina do esporte, em Indianápolis, nos estados unidos, a apresentação do estudo da língua alemã 100 atletas, de 15 a 80 anos de idade, mostraram que a ingestão de colágeno hidrolisado traz uma melhoria significativa nas articulações. Após 12 semanas de consumir 10 gramas de suplementos em dia, 79% dos participantes mostraram uma melhoria da mobilidade dos joelhos e quadris.

Várias formas de suplementos

Saquinho: esta é a versão, que é adequado para reduzir a fome e a prolongar a saciedade. O conteúdo de um sachê comum ter de colágeno hidrolisado em dose diária recomendada – ou seja, de 8 a 10 gramas. Há ainda a opção de você tem de manipular a pó, que pode ser diluído em água, suco ou iogurte.

Cápsula: atende quem gosta de facilidade. Mas, para atingir uma dose diária, a necessidade de consumir de 10 a 12 cápsulas por dia.

Água aromatizada: algumas marcas fazem uma garrafinha, geralmente entre 300 e 360 ml, a dose diária recomendada é de 10 g de colágeno.

Bala: essa opção geralmente oferecem cerca de 1,5 gramas de colágeno por unidade. Isso é muito pouco, mas vale a pena para complementar a ingestão diária de proteína. A bala também tem a vantagem de estimular a mastigação, além disso, para enganar a vontade de comer, querida.

Querida: assim, como uma bala, tem um pouco de colágeno. Destrua como uma opção-querida, o que traz o benefício extra.

A granola, barra de cereais e cia.: escolher estes produtos, e também ajuda a complementar a dose diária de colágeno. Mas cuidado com os produtos trazidos de açúcar e corantes – substâncias glória de deterioração da qualidade da pele.